Elias João

"Jesus Cristo a Luz do Mundo"

Textos



John e Morgan enfrentam novos seres espaciais - cap XII


 
- No último capítulo, Jonh e Morgan foram capturados por seres espaciais, então, relembrando o final do capítulo, Jonh observa a movimentação dos seres que por ali pousam sem parar e todas as noites sem faltar um só dia as criaturas.

- Certa noite Jonh estava observando todos os seres que descia de uma nave e reconheceu seus pais, mas, eles não falavam nada com Jonh e nem sequer olhou, pareciam que estavam dominados, ou seja, pareciam que sofreram uma lavagem psíquica e só andavam de cabeça baixa, parecia um gesto de reverência às criaturas.

- Jonh na sua eterna busca pelos acontecimentos espera que, agora que Morgan está ali também, talvez possa de uma vez solucionar este caso e rever seus pais a salvo...

-  Agora eles enfrentam novamente estes seres espaciais, foi quando Jonh se preparava para se deitar, eram quase 23:50, Jonh observa de sua janela discretamente e vê quando Morgan, que parecia estar em estado de sonambulismo, caminhava lentamente para o local onde sempre apareciam estas criaturas. Ele estava até de pijamas, sandálias e um gorro na cabeça, era assim que ele conseguia dormir, todo agasalhado. Ele andava em direção ao velho "Paiol" e com os braços estendidos em direção ao centro do Paiol. - Jonh, imediatamente foi ver de perto os acontecimentos, mas, de repente aquela luz branca e forte caiu sobre ele e com isto abrindo novamente aquela fenda e Jonh havia levado sua filmadora e pretendia registrar tudo o que acontecesse. Já estava gravando, quando de repente a luz veio para cima de Jonh e o absorveu também. Como que num passe de mágica, de repente os dois aparecem em um outro local estranho e lá havia um som que não tinha notas musicais, era uma coisa de uma nota só, parecia um tinido, mas, meio gutural, mas, muito agradável aos ouvidos. Parecia que havia muita paz naquele local. Estava escuro no momento em que chegaram, porém, as coisas começaram a clarear, talvez fosse a luz muito forte que teria ofuscado suas visões naquele instante, porém agora tudo estava nítido como o dia, mas, não se via sol nem lua e o local era bastante frio. Ele filma tudo que vê, na tentativa de levar para casa um documentário. Mas, Jonh ficou apreensivo de repente, pois, pensava na possibilidade de não poder retornar para casa.

Mas, de repente ouviu-se um alvoroço num dos cantos, Jonh e Morgan se aproximaram do local e viram que haviam várias criaturas por ali e pareciam estarem em uma espécie de reunião. Porém ninguém abria a boca e somente acenavam com a cabeça. Eram em torno de uns 100 pelo menos. Mais adiante um outro grupo, mas, já eram pessoas e havia para mais de 1000 e eram pessoas que haviam desaparecidas de suas casas há anos. Jonh se aproxima com sua câmera ligada e começam as filmagens. Ele filma tudo o que vê, porém não consegue ver seus pais. Quando estava quase saindo, eis que apareceram outras pessoas e lá estavam seus pais. Jonh não entendeu, pois, eles estavam muito jovens, não haviam envelhecido nada, desde que desapareceram. Jonh estava com seus 49 anos, mas os pais estavam mais jovens do que ele. Os pais de Jonh não o reconheceu e passou direto e ao serem tocados por Jonh, fizeram um gesto de advertência e Jonh desiste. Ficou bastante triste com aquilo, pois, durante anos ele tenta nessa busca e quando tem a oportunidade de falar com seus verdadeiros pais, não consegue. Mas, ele não desiste e tenta novamente, porém, naquele momento as criaturas se aproximaram de Jonh e fizeram contato com ele. Jonh sequer abriu a boca, mas, estava telepaticamente se comunicando com as criaturas e Morgan também, do mesmo modo, somente não se comunicou com Jonh e nem vice-versa. Ficaram sem entender o porque daquilo tudo. Jonh fica sabendo dos planos das criaturas sobre uma possível invasão na terra, mas, de nada adiantaria, pois, não poderiam fazer muita coisa e ninguém iria acreditar em suas conversas, uma vez que as autoridades já conheciam Jonh e Morgan de outras datas e tinham-os como pessoas que não estavam muito bem de suas cacholas. Jonh pensou: pior para eles que não acreditam, mas, faria o possível para se livrar dessas criaturas, senão teria que se unirem a elas.

- O momento passou e agora Jonh e Morgan só estavam mais preocupados com o retorno. Quando seria. Na realidade, Jonh e Morgan não tinham a menor idéia de como iriam sair daquele lugar, não sabem nem como pedir para voltar. Estavam os dois ali parados e como num estalo só, um facho de luz desceu sobre eles e em menos de 10 segundos, já estavam na porta do Paiol, sem que eles tivessem pedido. O problema é que as criaturas estavam lendo os pensamentos de Morgan e Jonh e sabiam dos planos deles.

- Jonh, percebe que no seu relógio eram 23:59, ou seja passaram-se apenas 9 minutos, mas, eles acharam que tinham passados uns dois dias. Jonh rebobina a fita de sua filmadora e assiste ao filme, mas, para sua decepção, só tinham filmagens até o momento em que a luz aparece e depois, somente chuviscos na tela. Não tem como ver muita coisa. De uma coisa eles tem certeza: existe algo além dessa dimensão, mas, não foi possível fazer o registro.

- Morgan, continua muito esquisito e parece que a cada dia fica mais jovem e mais forte e de uma força descomunal. Ele move pedras de peso excessivamente elevado, coisa que não poderia fazer a uns meses atrás, pois, estava com 50 anos, mas de lá para cá ele rejuvenesceu completamente e está muito disposto, apesar de estar muito estranho, pois, como já se sabe, ele tem algo implantado em seu abdômen e isto tem lhe deixado muito preocupado.

- Jonh tenta refazer sua vida, pois desde que seus pais desapareceram, nunca mais teve sossego e nem sequer tem namorada, pois, ninguém consegue tolerar suas maluquices e sua casa e repleta de engenhocas, câmeras pra todo lado, é um verdadeiro Reality Show...!!!

Mesmo com tudo isso, Jonh se sente bem e ao mesmo tempo um pouco preocupado com os acontecimentos dentro de sua área. Ele não quer mais gente do governo dentro da área, pois, incomodam bastante, pelo fato de trazerem consigo muitos equipamentos e máquinas barulhentas, com motores estacionários o dia todo funcionando e isto estaria mudando sensivelmente ou visivelmente a rotina da fazenda, pois o gado teve queda de leite , as galinhas poedeiras praticamente pararam e os avestruzes e gansos andavam muito estressados e não conseguiam chegar na sede e estavam evitando até alimentarem-se por causa do barulho e as funções de vigilância estavam ficando prejudicadas devido o afastamento deles. Os gansos e os quero queros, fazem bastante barulho quando qualquer criatura ou animal selvagem se aproxima da fazenda. Isto tem lhe garantido a segurança a uns dias atrás, mas, agora com a saída do pessoal do governo, Jonh acha que as coisas tendem a normalizar. Caso isso não ocorra, precisará de ajuda humana para garantir ainda mais a segurança, coisa que pretende evitar o máximo enquanto puder, pois, é difícil lidar com pessoas, elas dão muito trabalho e despesas. Mais do que os gansos, Quero-Quero e avestruzes, garante ele.

- Morgan coitado, este não tem como fazer vigilância, pois, dorme a noite inteira e podem seguir raios e trovões e até terremotos, maremotos, furacões, tsumanis, mas, não acorda nem que a “vaca tussa”, a verdade é esta. Jonh até já pensou em dispensá-lo, mas, terá uma perda no trabalho braçal, pois, Morgan se mostrou muito eficiente nesse tipo de trabalho, é muito rápido e eficiente. Então, não comenta nada sobre isto com ele, para não agravar a situação. Assim continuará tolerando até que chegue a hora certa. Mas, até que é uma pessoa boa gente, não incomoda em tempo algum. Isto é, até onde sabe de sua vida pregressa. Mas, até sabe que é um ex Egresso.

- Assim Jonh segue sua rotina diária, dividindo o seu tempo entre as coisas do dia a dia e a sua pesquisa sobre as criaturas e assim que tiver novos contatos, continuará a sua aventura...

Segue na próxima aventura- “Jonh retorna à caverna ”.CAP XIII

Abraços
EJ...!!!
19/02/2021
eliasjoao
Enviado por eliasjoao em 19/02/2021
Alterado em 19/02/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras